Artesanato de Goiás

A cultura e a semeadura

O artesanato de Goiás reúne, num mesmo repertório cultural, tradição, inovação, afeto, acolhimento e alegria. Em sintonia com a forte tradição de semear a terra, o artesanato de Goiás reflete o cuidado e a ternura telúrica de sua criação. A herança afetiva cultural deixada pelo legado familiar goiano é utilizada como inspiração.

Fortemente associado ao calendário religioso, o artesanato de Goiás encanta pela capacidade de expressar a força da cultura popular que se reveste de festa, cor e alegria – a sacralidade dos temas. As miniaturas de panelinhas feitas com lata pelo artista Marco Antônio, de Pirenópolis, e a arte sacra barroca em barro de Valmir Neves são exemplos da riqueza desse repertório.

Números do Artesanato no Estado

+ 10450 Artesãos cadastrados pelo PAB GO

Fonte: PAB

Artesãos em destaque

 
  • Mestre Juão de Fibra

    Juão de Fibra é uma empresa com conceito socioambiental, que produz respeitando e protegendo o meio ambiente e capacitando mulheres para geração de renda por meio do artesanato. Seu idealizador é João Gomes da Silva, mais conhecido como Mestre Juão de Fibra, que saiu do Ceará e vive em Novo Gama – GO, entorno do DF, e trabalha com todo tipo de fibras brasileiras há cerca de 40 anos.

  • Mestre Atelier Valmir Neves

    Mestre Atelier Valmir Neves trabalha há mais de 20 anos com esculturas em cerâmica, transformando argila em arte, com muita dedicação, amor e fazendo com que cada peça seja única. Sempre dedicado à arte popular barroca, o artesão transmite esse conhecimento às futuras gerações por meio de cursos e oficinas.

  • Mestre Carlos Antônio da Silva

    É na integração entre natureza e arte, entre cultura e semeadura, que Carlos modela no barro um imaginário trazido da roça, do tempo em que morava com os avós. O resultado são peças regionais, arte cotidiana sertaneja. Nelas, conta sua própria história. Transfere para a cerâmica o que viveu na vida. “Eu conto toda a história para a pessoa que observa”. Seu trabalho cumpre esse papel, faz esse registro, preserva a história para as próximas gerações. Carlos Antonio da Silva é apontado como o maior ceramista vivo de Goiás. As obras de Carlos Antônio da Silva fazem parte do acervo do PAB (Programa do Artesanato Brasileiro).

  • Mestre Carmelito

    Carmelito começou no mundo das artes em 1998, como artista plástico, mas se encontrou depois no que ama: esculturas de animais. O artesão já conquistou centenas de brasileiros, que encomendam suas peças e fazem coleção. As figuras bovinas são as mais pedidas. Os detalhes das peças diferenciam seu trabalho e atraem um público que conhece e cria as raças. Mostra a originalidade das peças em seu canal no YouTube, por meio do qual já conseguiu público e clientes de outros países

  • Mestre Ernesto Antônio

    O goianiense Ernesto Antônio se inspira na época em que morou em Silvânia, interior de Goiás, para retratar as casas sertanejas. O artesanato feito em cerâmica, segundo ele, resgata a tradição de um povo. Aos 45 anos, ele vive do artesanato participando de feiras e também com obras na Central do Artesanato. Os casebres, casarões e igrejas esculpidas com barro de Pirenópolis por Ernesto Antônio expressam a relação de afeto entre o artesão e a vida de sua comunidade. “Eu busco inspiração onde vivi a maior parte da minha vida…”

  • Maicon Soares

    Maicon Cesar de Assis Soares Caetano, nome artístico Maicon Soares. Artista plástico desde 2016, trabalhando apenas com metais de descarte com o intuito de ressignificar o conceito do “novo”, trazendo uma reflexão significativa a respeito das várias possibilidades de se reutilizar materiais e transformá-los em objetos de arte. Autodidata, Maicon é reconhecido por suas esculturas realizadas artesanalmente com metais de descarte. O material é adquirido em ferros velhos e oficinas. São objetos, artesanais, autorais e sustentáveis.

Por dentro do Artesanato | Goiás

Filtre um evento CRAB

Tipo do Evento
Modalidade
Estado
Valor
Funcionamento do CRAB no feriado de Corpus Christi
📅 Quinta-feira, 30/05 - fechado
📅 sexta-feira, 31/05 - aberto
📅 Sábado, 01/06 - aberto